Suas orações não passam do teto

Grite! Grite a plenos pulmões!

Não se contenha: que seja um grito como de trombeta!

Diga ao Meu povo o que está errado com a vida deles,

confronte a família de Jacó com seus pecados!

Eles estão sempre muito ocupados com a adoração,

e têm prazer em estudar tudo sobre Mim.

Na aparência, são uma nação de pessoas de vida reta:

obedecem à lei, honram Deus.

Eles Me perguntam: “Qual a coisa certa a fazer?”

e gostam de Me ter a seu lado.

Mas eles também se queixam:

“Por que jejuamos e não nos favoreces?

Por que nos humilhamos e nem percebes?”.

 

Bem, aqui está a razão:

A razão principal dos seus dias de jejum é o lucro.

Vocês oprimem seus empregados.

Vocês jejuam, mas ao mesmo tempo discutem e brigam.

Vocês jejuam, mas acabam se enfrentando a socos.

O tipo de jejum que fazem

não fará que suas orações passem do teto.

Acham que este é o tipo de dia de jejum que Eu espero:

um dia especial para demonstração de humildade?

Um dia para pôr a máscara da piedade

e desfilar solenemente em roupa preta por aí?

Vocês chamam isto de jejum:

separar um dia para que Eu, o Eterno, tenha prazer?

 

Este é o tipo de jejum que Eu quero ver:

quebrem as correntes da injustiça,

acabem com a exploração no trabalho,

libertem os presos,

cancelem as dívidas.

O que espero que façam é:

repartam a comida com os famintos,

convidem os desabrigados para casa,

coloquem roupa nos maltrapilhos que tremem de frio,

estejam disponíveis para sua família.

Façam isso, e as luzes se acenderão,

e sua vida será mudada na hora.

Sua justiça irá pavimentar seu caminho.

O Eterno de glória vai garantir sua passagem.

Então, quando vocês orarem, o Eterno responderá.

Vocês clamarão por ajuda, e Eu direi: Aqui estou.

 

Se vocês eliminarem as injustiças,

pararem de culpar as vítimas,

cessarem de fazer fofocas sobre os pecados dos outros,

Forem generosos com os famintos

e começarem a se dedicar aos oprimidos e marginalizados,

Sua vida começará a brilhar na escuridão,

sua vida sombria será banhada na luz do Sol,

E sempre mostrarei a vocês o melhor caminho.

Darei a vocês vida plena até num lugar vazio –

músculos firmes, ossos fortes.

Vocês serão como um jardim regado, uma fonte viva que nunca seca.

Vocês usarão o entulho do passado para construir o novo,

reconstruirão sobre os antigos alicerces da sua vida.

Vocês serão conhecidos como aqueles que reparam qualquer coisa,

restauram ruínas antigas, reconstroem e renovam,

tornam a comunidade habitável outra vez.

 

(Isaías 58:1-12, A Mensagem)