A súplica por alívio

Publicado em 03/06/2013 por Matheus Cardoso como Espiritualidade
Tags: ,

Quando eu não aceito o perdão de Deus na minha vida, simplesmente não consigo perdoar aqueles que me ofendem. Enquanto eu não entender a graça de Deus na minha existência, nunca saberei ser gracioso com outras pessoas. Enquanto eu não sentir a libertação dos meus erros, dos meus pecados, com certeza não permitirei que você ou qualquer outra pessoa sinta a libertação dos seus erros, dos pecados que você cometeu contra mim. É por essa razão que temos tanta dificuldade em perdoar outras pessoas: nunca compreendemos quão maravilhoso é o perdão de Deus por nós.

Quando você encontra pessoas que são implacáveis, críticas, sempre prontas a julgar todos que estão ao seu redor, prontas para levantar um padrão de vida que nem mesmo elas podem alcançar, saiba de uma coisa: muito provavelmente essas pessoas se sentem culpadas. São pessoas que geralmente escondem uma culpa secreta e nunca se sentem perdoadas. Porque as pessoas que mais perdoam são aquelas que mais se sentem perdoadas [cf. Lc 7:47]. E você nunca terá que perdoar ninguém mais do que aquilo que Deus já lhe perdoou. Por isso diz a Palavra de Deus: “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo” (Ef 4:32).

Kleber Gonçalves é pastor da IASD Nova Semente. Assista a mensagem completa: http://www.novasemente.org/2010/07/30/pater-hemon-3/. A citação foi retirada de 46min08s-48min05s.